LeaderBoard 1 LeaderBoard 2

O Forte Antoine

O Forte Antoine

Esta fortaleza construída no início do século XVIII é hoje um teatro ao ar livre. Destruído em 1944, ele foi reerguido em 1953 por iniciativa de S.A.S. o Príncipe Rainier III.

Sua arquitetura militar, a guarita da qual ele é munido, a quase solidão que lá se pode sentir, tudo converge para lhe conceder um charme particular. A plataforma foi agradavelmente disposta. Uma pirâmide de balas de canhão ocupa o centro. A arquitetura militar do forte foi posta em evidência pelas bordas cobertas com cerca viva de pitósporo, que servem de proteção para os locais onde não há parapeito.

Mapa de Acesso
Avenue de la Quarantaine - Monaco-Ville
Tel. +377 93 15 80 00
Fax +377 93 50 66 94
Acesso livre (exceto durante espetáculos)

 »Fechar

Catedral de Mônaco

Construída em pedras brancas de La Turbie, em 1875, esta catedral de estilo românico-bizantino abriga as sepulturas dos Príncipes passados.  »Leia mais

Igreja Sainte-Dévote

Esta capela votiva do século XI é dedicada à Santa Padroeira do Principado e da Família Principesca.  »Leia mais

Igreja Saint-Charles

De estilo Renascentista, esta igreja, cujo campanário fica a 30 metros do solo, foi inaugurada em 1883. Dezenove vitrais iluminam sua nave, cujos lustres dourados provêm da antiga sala de armas do Palácio Principesco.  »Leia mais

Cassino de Monte-Carlo

Ele foi construído em 1863 por Charles Garnier, o arquiteto da Ópera de Paris.  »Leia mais

O Palácio Principesco (Aposentos Reais)

Guardião de uma tradição secular, este palácio está situado em local privilegiado e foi edificado sobre o terreno de uma fortaleza construída pelos Genoveses em 1215.  »Leia mais

Palácio de Justiça

Este Palácio foi erigido no início de 1924 por iniciativa pessoal de S.A.S. o Príncipe Louis II  »Leia mais

Capela da Misericórdia

Situada na Vieille Ville, esta capela, cuja primeira pedra foi abençoada em 1639 sob o reinado do Príncipe Honoré II, prior da Confraria dos Penitentes Negros, é constituída de uma única nave.  »Leia mais