Ver

Os outros grandes eventos do ano

  • A Orquestra Filarmônica de Monte-Carlo
    janeiro de 2020
  • Les Ballets de Monte-Carlo
    fevereiro de 2020
  • Spring Arts Festival
    março de 2020
  • Monte-Carlo Rolex Masters
    abril de 2020
  • Grande Prêmio Histórico de Mônaco
    maio de 2020
  • Grand Prix de Formule 1 de Monaco
    maio de 2020
  • Meeting Herculis EBS
    julho de 2020
  • Monaco Art en Ciel
    julho de 2020
  • Gala de la Croix Rouge Monégasque
    julho de 2020
  • Monaco Yacht Show
    setembro de 2020

Grande Prêmio Histórico de Mônaco

Somente carros fabricados até 1980 podem participar do evento. Na próxima edição do Grande Prêmio Histórico de Mônaco, a 12a da sua história, a qual ocorrerá no Principado da sexta-feira 8 ao domingo 10 de maio de 2020, o Comitê de Organização e a Seção Histórica do Automóvel Clube de Mônaco aposta em uma ampla gama de categorias.

O Grande Prêmio Histórico de Mônaco foi criado em 1997, por ocasião da comemoração dos 700 anos da Dinastia dos Príncipes de Mônaco. Contrariamente ao Grande Prêmio de Fórmula 1, o Grande Prêmio Histórico ocorre a cada dois anos, sendo realizado antes do Grande Prêmio de Mônaco. 

Após a reintrodução da série A, em forma de corrida, em 2018, e do sucesso obtido na oportunidade, a organização decidiu readotar este formato. Desde o Pós-Guerra, essa categoria representa o encontro mundial e imperdível dos carros de Grand Prix, denominados de Fórmula 1. A corrida Sport foi repensada a partir de 2016, a fim de oferecer um evento composto dos mais belos carros Sport da primeira década do Pós-Guerra, sem esquecer, logicamente, dos eventuais carros que somente tenham participado de um único Grande Prêmio de Mônaco disputado de acordo com essa fórmula, em 1952.

Sete categorias de carros

Encontro maior dos apaixonados por carros antigos, o Grande Prêmio Histórico de Mônaco presta homenagem a mais de 230 carros construídos entre os anos de 1930 e o final dos anos 1970. Estes carros estão reunidos em sete categorias. Grande novidade para 2020, as sete séries, habitualmente nomeadas com uma letra do alfabeto, ganharão o nome de um piloto que tenha marcado época em carros da série em questão:

SÉRIE A LOUIS CHIRON – Carros de Grande Prêmio do Pré-Guerra e Carrottes
Classe 1: Carros de Grande Prêmio
Classe 2: Carrottes do Pré-Guerra

SÉRIE B JUAN-MANUEL FANGIO – Carros de Grande Prêmio com motor dianteiro construídos entre 1946 e 1960
Classe 1: Carros construídos entre 1° janeiro de 1946 e 31 de dezembro de 1953, equipados com motor com compressor de no máximo 1.500 cm3 ou com motor sem compressor de 4.500 cm3 no máximo.
Classe 2: Carros de Fórmula 2 fabricados antes de 31 de dezembro de 1953, cuja cilindrada não exceda 2.000 cm3 sem compressor.
Classe 3: Carros de Fórmula 1 fabricados entre 1° janeiro de 1954 e 31 de dezembro de 1960, cuja cilindrada não exceda 2.500 cm3 sem compressor ou 750 cm3 com compressor.

SÉRIE C VITTORIO MARZOTTO – Carros de Sport com motor dianteiro de 1952 a 1957
Classe 1: Carros munidos de motor entre 1.5L e 2L.
Classe 2: Carros munidos de motor de mais de 2L e equipados com freios a tambor.
Classe 3: Carros munidos de motor de mais de 2L e equipados com freios a disco.

SÉRIE D GRAHAM HILL – Carros de F1 – 1.500 de 1961 a 1965
Classe 1: Carros equipados com motor de 4 ou 6 cilindros.
Classe 2: Carros equipados com motor de 8 ou 12 cilindros.

SÉRIE E JACKIE STEWART – Carros de Grande Prêmio 3L de 1966 a 1972
Classe 1: Carros que participaram dos Grandes Prêmios de F1, entre 1° janeiro de 1966 e 31 de dezembro de 1969.
Classe 2: Carros construídos entre 1° janeiro de 1970 e 31 de dezembro de 1972, equipados com motor Ford-Cosworth DFV.
Classe 3: Carros construídos entre 1° janeiro de 1970 e 31 de dezembro de 1972, equipados com outro motor.

SÉRIE F NIKI LAUDA – Carros de Grande Prêmio 3L de 1973 a 1976
Classe 1: Carros equipados com motor Ford-Cosworth DFV.
Classe 2: Carros equipados com outro motor.

SÉRIE G GILLES VILLENEUVE – Carros de Grande Prêmio 3L de 1977 a 1980
Classe 1: Carros concebidos sem efeito de solo.
Classe 2: Carros concebidos com efeito de solo e equipados com motor Ford-Cosworth DFV.
Classe 3: Carros concebidos com efeito de solo e equipados com outro motor.

No total, são mais de 230 carros de Grande Prêmio e Sport, selecionados em virtude do seu interesse histórico e pelo respectivo nível de autenticidade, os quais são esperados no mítico Circuito do Principado de Mônaco para disputar verdadeiras corridas.

Vale dizer que em cada seção, tanto quanto em seu conjunto, os espectadores serão convidados para viverem algo excepcional, ao longo de todo o evento. São 5 diferentes baterias que proporcionam uma visão única dos 30 primeiros anos do Campeonato Mundial de Fórmula 1, os quais serão apresentados ao público.

Durante dois dias e meio, os concorrentes farão com que o público compartilhe a sua paixão pela competição em seu mais alto nível. O barulho e o cheiro que acompanham os carros de antigamente estão de volta ao circuito projetado no coração do Principado de Mônaco, o traçado, 80% idêntico àquele de 1929, ainda é utilizado anualmente no Campeonato Mundial da FIA de Fórmula 1.

Para maiores informações